Posted tagged ‘Marketing Digital’

Engajamento nas redes

2 de abril de 2012
Votação elegeu a cor da capa da "Vida Simples" do mês de abril

Votação elegeu a cor da capa da "Vida Simples" do mês de abril

A última edição deste mês da revista “Vida Simples” estampa na capa o tema “insatisfação”. Na dúvida entre qual cor, azul ou laranja, expressaria melhor a reportagem, a equipe decidiu criar uma votação nas redes sociais. Usaram Facebook e Twitter para que os seguidores fizessem a escolha. Foram 250 votos válidos e a cor azul foi vencedora.

Esse tipo de ação é exemplo correto de estimulo ao engajamento digital. São essas interações que aumentam o envolvimento emocional do público com a marca. No exemplo da “Vida Simples” notamos a humanidade no relacionamento com o público.

Neste caso, dar ao usuário da rede o poder de decidir sobre a capa da revista, é dar a ele confiança e respeito. Ele se sente participante de uma decisão importantíssima, se sente parte do processo. É assim que as marcas precisam pensar o engajamento na rede. Abaixo, algumas dicas para estimular o engajamento digital da sua marca:

– Seja simples na maneira de se comunicar

– Interaja com seus usuários

– Conheça bem o seu público dentro de cada rede (Facebook, Twitter, Linkedin, etc)

– Divulgue opiniões que enfatizem o posicionamento da marca

– Dê atenção aos comentários negativos e avalie a maneira correta de responder

– Seja humano e demonstre interesse real pelas pessoas que citam a sua marca

– Reestruture o Marketing de sua empresa

Anúncios

Vale a pena ter um Fan Shop?

1 de março de 2012

Fun Shop é tendência

Estamos todos em rede,  inclusive o nosso hábito de fazer compra. A tendência é o social commerce. Pra quem ainda não sabe o Facebook pode ser uma boa oportunidade de vender pela internet, por meio da criação de um “FanShop”, um e-commerce dentro da rede. O produto existe desde 2010 e a cada dia mais marcas aderem à ideia.

 Como fazer um Fan Shop?

Você não precisa ter conhecimento de webdesign para criar um FanShop. Basta comprar o produto e escolher um template.

Qual a vantagem de ter um Fan Shop?

O usuário não precisa sair da rede para fazer a compra, embora seja direcionado para outro site ao decidir completar a compra. Outra grande vantagem são as recomendações dos produtos por amigo, o que seguramente, influencia mais do que o anúncio. É a velha propaganda boca-a-boca, só que digital.

Qual a desvantagem?

O espaço, geralmente, é mais restrito. No Fan Shop da marca se encontram apenas determinados produtos e não todos.

Como promover a sua marca corretamente no Facebook

20 de dezembro de 2011

Hoje a rede social Facebook passou a marca de 750 milhões de usuários em todo o mundo. O Brasil é o país onde a rede mais cresce, possuindo atualmente um número superior a 30 milhões de usuários ativos.

 Esses números apontam o potencial da ferramenta enquanto instrumento de marketing digital, tendo em vista o vasto mercado consumidor que ela possui. Entretanto, usar o Facebook de maneira incorreta cria imagem negativa em torno da sua marca, e pode ter o efeito inverso ao desejado.  

A maioria das empresas de grande porte já compreendeu o poder das redes sociais e deixam a administração do conteúdo nas mãos de profissionais. Já os gestores de médias e pequenas empresas ainda acham que podem colocar qualquer pessoa pra “mexer”. O resultado desse improviso é o uso inadequado, como as exageradas “marcações” de festas, promoções e produtos.

Primeiramente é preciso que esteja bem claro na cabeça do administrador da conta que a divulgação não tem que ser feita na marra,  goela a baixo. Tem que existir uma relação entre marca e usuários, e essa relação não pode ser forçada em hipótese alguma.  

Uma casa noturna pode produzir um blog com fotos das festas promovidas, agenda de eventos,  bastidores de produções, preparativos e divulgar esses links no Facebook. Quem se iteressar acessa o link. Essa estratégia, chamada de Marketing de Conteúdo, transmite confiança, transparência, autoridade e não obriga o usuário a ver ou receber algo que ele não deseja.

Uma loja de artigos femininos, por exemplo, pode veicular fotos bem produzidas da nova coleção e oferecer o esclarecimento sobre preços e promoções.

Aqui listamos algumas dicas que você pode copiar e colar e começar a praticar no seu negócio:

1. Seja sempre interativo com seus usuários. Ofereça aos seus fãs e amigos links de conteúdos relevantes.

2. Curta outras páginas de vendedores e consumidores. Ao serem notificados eles podem decidir interagir com sua página também.  

2. Já que o usuário pode assistir a vídeos diretamente na página do face, use recursos multimídias, produzindo vídeos e áudios.   

3. Promova e divulgue seus eventos por meio de fotos.

4. Bole concursos culturais. Eles criam vínculo emocional com o usuário.  

5. Integre o on com o off, usando mídias convencionais para chamar as pessoas até a sua página.

6. Deseje sempre boas vindas aos seus novos visitantes.

Os prós e contras do marketing na Internet

17 de novembro de 2011

Há vantagens e desvantagens em usar as ferramentas da internet para divulgar uma marca ou vender serviços e produtos. Para conduzir os negócios com eficiência é fundamentar conhecer essas características. Seguem algumas delas para você avaliar em que momento e a melhor forma de usá-las.

Prós

  • Você consegue fazer marketing na Internet com todo tipo de orçamento,
  • Disponível 24 horas por dia;
  • Mais fácil de segmentar seu público;
  • Pode virar um sucesso em questão de minutos;
  • Quantificação: todas as ações podem ser medidas e avaliadas com precisão. A mensuração dos resultados é instantânea.
  • Ubiquidade: A Internet permite a ubiquidade, isto é, estar presente em todos os lugares, ao mesmo tempo.

Contras

  • Alguns consumidores ainda tem insegurança com relação aos produtos e serviços oferecidos;
  • Muita informação para o consumidor assimilar
  • O poder na rede está do lado do consumidor. Ele é quem decide o que vai ver, onde vai navegar.

 

CMOs reconhecem a importância das mídias sociais no relacionamento com o cliente

1 de novembro de 2011

Imagem meramente ilustrativa

Estudo encomendado pela IBM e realizado pelo IBV, Institute for Business Value, com mais de 1,7 mil executivos-chefe de marketing (CMOs – Chief Marketing Officers) diz que 82% dos CMOs pretendem aumentar o uso de mídias sociais no relacionamento com clientes nos próximos anos.

No entanto eles ainda estão aprendendo a lidar com o assunto. A pesquisa revela que a análise de consumidores nas redes sociais é feito por 48% desses CMOs para ajudar a moldar estratégias de marketing e mais de 50% ainda consideram-se despreparados para gerenciar a mídia social e o aumento da colaboração com os clientes.

Fonte: http://crn.itweb.com.br

Ferramenta para planejamento no Facebook

3 de agosto de 2011

Pensando em criar uma campanha para sua empresa no Facebook? Uma ferramenta recentemente lançada no Brasil oferece planejamento e acompanhamento em tempo real na maior rede social do mundo. É a ADTZ Ad Manager para planejamento publicitário na maior rede social do mundo.

Profissionais de Mídia e Marketing poderão saber o que acontece com seu investimento, além de segmentar para dirigir cada anúncio a um determinado público, acesso em tempo real a todas as atividades realizadas, controle diário e todas as métricas possíveis dos resultados.

 As notícias sobre a ferramenta na rede são bastante positivas e os resultados parecem satisfatórios. Outras informações sobre a plataforma você pode obter pelo site: http://www.adtzadmanager.com.br/

Interpreta Recomenda: Blog sobre Marketing Digital

25 de julho de 2011

Conrado Adolpho, fala sobre marketing digital

Um ótimo blog sobre marketing digital para pequenos e médios empresários é o assinado por Conrado Adolpho. Ele é formado em Marketing com especialização em Economia, professor da ESPM-SP, autor, consultor, palestrante, empresário, estudioso de filosofia e ativista social. O blog traz diariamente dicas de palestras, cursos e as novidades mais bombantes do setor.

 Inclusive, no próximo mês Adolpho lançará o livro “Os 8 Ps do Marketing Digital”, que originalmente foi publicado com o nome “Google Marketing”. Na obra o autor apresenta a metodologia “8Ps” – pesquisa, projeto, produção, publicação, promoção, propagação, personalização, precisão.  Embora o livro chegue ao mercado com um preço um pouco salgado, R$139, vale o investimento.