Posted tagged ‘Pequenas Empresas’

Pequenas empresas: seu marketing em quatro passos

4 de novembro de 2011

Imagem meramente ilustrativa

As pequenas empresas podem seguir orientações simples, com investimento médio, mas que garantem retorno. Aqui seguem quatro dicas pra você por em prática e bombar o seu negócio.

           1.    Crie a sua rede social: O consumidor está da rede. As pessoas compram e discutem marcas e produtos na web e quem não acompanhar esse ritmo fica pra traz. Por meio da rede você pode responder a questionamentos, identificar falhas e ainda se aproximar do cliente.

2.    Prime pelo bom atendimento: Treine e oriente bem a sua equipe. Atendimento ruim é sinal de que você não se importa, não valoriza o seu consumidor. Dê ao seu cliente um motivo para ele voltar e faça da experiência de estar no seu estabelecimento um momento agradável.

3.    Faça um bom plano de marketing: Analise os fatores externos e internos que podem influenciar o desempenho do seu negócio, depois entenda o comportamento de compra do seu cliente e conheça muito bem os seus concorrentes. Assim você poderá traçar as estratégias, objetivos e estabelecer metas claras.

4.    Estude muito: Procure leituras que fortaleçam os seus conceitos de marketing. Pesquise cases de outros negócios que alcançaram sucesso. Invista em cursos, seminários, workshops e outros eventos onde você possa aprender mais e trocar experiência.

Anúncios

A maioria das PMEs resistem aos dois primeiros anos de turbulência

20 de outubro de 2011

Imagem meramente ilustrativa

O Sebrae divulgou hoje um estudo otimista sobre a sobrevivência das micro e pequenas empresas no Brasil. Os números indicam que de cada 100 micro e pequenas empresasque são abertas, 73 permanecem em atividade após os primeiros dois anos de existência.

Os dois primeiros anos de atividade são considerados os mais críticos de uma MPE, principalmente pela necessidade de conquistar uma base de clientes sólida, popularizar a marca no mercado, reinvestir a maior parte das receitas alcançadas e superar dificuldades de gestão – esse último fator é a maior barreira para os marinheiros de primeira viagem.

Hoje alguns fatores contribuem para o bom índice de sobrevivência das MPE no Brasil, como a própria legislação que facilita e estimula o empreendedorismo e o crescimento do mercado consumidor brasileiro.

Capital de giro: vital para o plano de negócios

12 de agosto de 2011

Imagem meramente ilustrativa

Inúmeros fatores contribuem para o fechamento precoce das empresas e um deles é a falta de planejamento do capital de giro. Segundo dados do Sebrae de cada dez empresas que abrem, seis fecham as portas com cinco anos de vida.

Via de regra, como no começo do empreendimento o faturamento é baixo, o capital de giro serve como reserva que vai cobrir os gastos e garantir que o negócio não quebre.

Para evitar novos financiamentos depois do passo inicial, o que pode criar um bolo de juros nas contas, o empreendedor deve planejar os gastos para, no mínimo, os próximos três meses. O ideal é que se calcule também reservas, mesmo que em valores menores, para o segundo trimestre do negócio.

Se você ainda tem dúvida sobre o seu capital de giro mande sua pergunta para nós: comunicacao@interpreta.com.br